Mestrado x Doutorado

Ao concluir a graduação, é importante estar preparado para encarar novos desafios. Entre eles, as próximas etapas para profissionalização, ou seja, Mestrado e Doutorado. O que poucos sabem, é como funciona cada uma dessas pós-graduações e quais as diferenças e semelhanças entre elas. O Mestrado x Doutorado é a sua chance de conquistar um lugar melhor no mercado. Para isso, você deve estar por dentro do que cada uma dessas áreas oferecerá a você.

Para começar, é preciso que você se identifique verdadeiramente com a pós que você escolheu. Isso acaba sendo importante, pois o seu futuro dependerá muito dessa escolha, então, é importante estar seguro em relação a isso. A graduação é apenas o primeiro passo, a partir dele é que o seu espaço no mercado começará a ser definido. Não é uma escolha fácil, mas é necessária caso você queira conquistar o melhor que o seu mercado tem a oferecer.

É preciso levar em consideração, também, o cenário de crise atual que estamos vivendo no mercado de trabalho. São várias histórias de demissões e cortes de gastos, que assombram os novos ingressantes no mercado. Por isso, é preciso sempre buscar novas maneiras de se manter competitivo. A melhor forma de fazer isso é aprimorando habilidades e competências.

Para isso, um bom diferencial na hora de procurar o seu emprego é ter uma pós-graduação, ou pelo menos estar cursando. Esses cursos possibilitam atualização constante e ampliam a sua rede de contatos, tornando você mais visível no mercado de trabalho. Se você ainda não sabe o que escolher Mestrado x Doutorado, basta conferir a seguir alguns modos que você pode usar para definir por onde você quer e pode começar a expandir seus conhecimentos. São ótimas oportunidades, acompanhe.

Mestrado x Doutorado: Quem pode fazer Mestrado?

Apesar de ser dois cursos que você faz somente depois de concluir a graduação, existem algumas diferenças entre eles.

Para começar a diferenciar Mestrado x Doutorado, falamos do primeiro passo: Mestrado. Esse é um curso que vai aprofundar todo aprendizado da graduação. O objetivo é ajudar o aluno a ampliar seu conhecimento em um tema específico que seja de seu interesse. O Mestrado é destinado àqueles que pretendem alcançar espaços melhores no ramo acadêmico, como professor ou até mesmo pesquisador.

Em relação a quanto tempo dura o Mestrado, a média é de dois anos, podendo variar de acordo com a instituição e curso. A carga horária não é grande, o que ajuda o aluno a conciliar estudos com trabalho. No entanto, é claro que exige emprenho fora da sala de aula. É preciso pesquisar, participar de palestras, eventos acadêmicos, leituras, e muito mais.

Durante esse período, o acadêmico recebe o acompanhamento de um orientador. A finalidade da orientação é introduzir o aluno a um grupo de pesquisa já desenvolvido pela instituição. Assim, ele poderá selecionar as disciplinas e será acompanhado na hora de desenvolver sua redação da dissertação de conclusão do curso. Somente assim é garantido o aprofundamento do aprendizado no assunto escolhido.

Agora, como ingressar no Mestrado não é tão simples. Há uma avaliação através do currículo do aluno, ele deve apresentar um bom Histórico Escolar, com média alta, realizará provas de conhecimentos gerais, teste de proficiência em um idioma estrangeiro, uma entrevista e a apresentação do projeto de pesquisa.

Para concluir o curso é necessário que o aluno, assim como na graduação, tenha uma quantidade mínima de presença nas aulas obrigatórias e optativas. Elaborar uma dissertação referente aos resultados da pesquisa desenvolvida no decorrer do curso, quando será submetido a uma banca examinadora do Mestrado e, ao final, o aluno obtém o seu diploma de mestre.

Como funciona o Doutorado – Mestrado x Doutorado

Por sua vez, as dicas para fazer Doutorado são um pouco mais específicas. Esse curso tem como finalidade oferecer um conhecimento ainda mais aprofundado quando comparado ao mestrado. Mas, em comum, ele também é voltado para quem deseja ser professor ou pesquisador. A duração do Doutorado é de, em média, quatro a cinco anos. Mesmo com uma duração maior, ele segue a mesma característica do mestrado, onde a carga horária não é grande, porém exige máxima dedicação do aluno fora da instituição.

Apesar de serem raros, é possível fazer Doutorado antes do Mestrado, vai depender se a instituição de ensino considerar relevante a proposta de ensino apresentada pelo interessado na vaga. É algo muito difícil de ser alcançado, pois a maioria das universidades exigem o título de mestre, ou seja, conclusão do Mestrado.

O Processo Seletivo do Doutorado, assim como no Mestrado, inclui a análise do currículo, aprovação do projeto de pesquisa e uma entrevista com candidato à vaga. Pode ser que tenha uma prova para pontuar os conhecimentos específicos e gerais do aluno, bem como o seu domínio de em alguma língua estrangeira.

Já as disciplinas de caráter obrigatório são poucas. Sendo assim, a parte que exige mais dedicação do acadêmico é, sem dúvidas, o projeto de pesquisa e a elaboração da tese. Todas as etapas do trabalho, bem como a tese finalizada, serão analisadas por uma banca examinadora. Será avaliado se o aluno conseguiu chegar a um ponto de vista exclusivo e próprio, que contribua para o avanço do conhecimento na área. Assim que for aprovado pela banca examinadora, o aluno receberá tão sonhado título de doutor.

Possibilidades de emprego para Mestres e Doutores 

É claro que o objetivo dos graduados que decidem como escolher Mestrado e Doutorado é garantir um bom emprego e, consequentemente, um bom salário. Para quem está prestes a assumir uma nova função em uma empresa, ou visa isso para o futuro, os cursos de Mestrado e Doutorado são fundamentais. Essa modalidade de estudo oferece, em pouco tempo, um apanhado geral de uma área do conhecimento, capacitando o profissional a dominar determinado assunto com segurança.

Outra vantagem vai ser conviver com pessoas de mesmos interesses e campo de atuação e, assim, ampliar a rede de contatos profissionais. Tudo isso vai te ajudar a encontrar o seu caminho profissional com uma ótima estrutura acadêmica, profissional e pessoal. Invista no seu conhecimento.

Alguma dúvida? Faça um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *